sábado, 8 de abril de 2017

O MISTERIOSO CEMITÉRIO DE HIGHGATE


O cemitério de Highgate foi inaugurado em 1839 em Highgate Hill no subúrbio de Londres.O cemitério cobre uma área de 37 hectares,sendo um lugar muito grande e dedicado ao descanso final.Muitos conhecem Highgate por conter os restos mortais de Karl Max,mas o cemitério também é famoso por suas lendas e acontecimentos misteriosos nunca solucionados.
Nas ultimas décadas o estado do cemitério decaiu consideravelmente, sendo assim que a visitação estão fechadas para o publico.


O cemitério tornou-se sinônimo de eventos paranormais desde sua abertura,com historias de estranhos e bizarros acontecimentos.
Um dos primeiros relatos se refere a Elizabeth Siddal,esposa do renomado artista Dante Gabriel Rossetti.Ela foi enterrada em 1862 junto com um livro de poemas do artista viúvo.Anos depois ,Rossetti queria que o livro fosse devolvido e pediu permissão para exumar o caixão.Para a surpresa e espanto de todos ,os restos mortais de sua esposa tinham um volumoso cabelo cor de cobre cobrindo todo o corpo e caixão.


Já nos anos de 1900,começaram a surgir relatos de eventos estranhos e peculiares acontecendo ao longo da rua Swain Lane que corta todo o Cemitério Highgate.
Muitos desses relatos eram de uma figura grande de vestimentas escuras.Muitos não davam importância a esses relatos ,até o momento que as aparições se tornaram violentas.O que fosse ou quem fosse,começou a violentar pessoas que passeavam tarde da noite aos arredores do cemitério.Uma das vitimas foi uma mulher ,que foi derrubada no chão por uma figura alta com roupas escuras,mas de pele muito clara.A jovem mulher foi salva por um carro que se aproximava ,a criatura se assustou com os faróis do carro e desapareceu rapidamente.A policia investigou,mas não encontrou  nenhuma evidencia real do ataque.


Outro relato ainda mais terrível foi experimentado por um contador.Ele teve a infelicidade de se perder em Swain Lane,quando teve a sensação de estar sendo vigiado.Ao olhar para traz viu algo grande que pairavam sobre o chão.Incapaz de se mover e em pânico,o homem desmaiou.Quando recuperou a consciência, viu que estava sozinho novamente e já conseguia se mover.
Talvez a única autoridade sobre os casos de Highgate seja David Farrant.Ele é membro fundador da British Psychic and Occult Society(BPOS).Farrant foi um dos primeiro a conduzir uma investigação sobre os acontecimentos do Highgate.Ele é crente em afirmar que existe uma espécie de vampiro,um espírito ligado a terra e que tem a capacidade de atacar em um nível psíquico. Farrant diz que também teve uma experiência no cemitério,e que na noite de 21 de dezembro de 1969 por volta das 23hs, Farrant percebeu algo estranho e escuro de estatura alta que fixava um olhar maligno sobre ele.Nas próprias palavras de Farrant isso era um ataque psíquico,e que ao conseguir desviar o olhar a figura desapareceu.


Farrant convidou outros membros do BPOS para realizar uma outra sessão dentro das catacumbas do cemitério. Entre os convidados estava a médium Jessie Stone.Em uma das sessões Jessie relatou que sentiu um aperto na garganta,viu espíritos se movendo ao seu redor,mas nada podia fazer.
Logo a noticia da sessão se espalhou pela mídia local,atraindo dezenas de pessoas ao cemitério e muitos sucumbiram a paranoia destruindo túmulos,removendo cadáveres.O desastre foi tão grande que a policia teve que ser chamada para conter os arruaceiros. Farrant foi preso e acusado de destruição intencional,ele ficou preso por 3 anos,e ainda afirma que o cemitério de Highgate é um paraíso para satanismo e atividades de artes obscuras.E ainda crê que em algum lugar do cemitério,a grande criatura escura está a espreita esperando sua próxima vitima.


Fonte: en.wikipedia.or, historicmysteries.com, Highgate vampire ghost story UK







Nenhum comentário:

Postar um comentário